Na UFSM, Valdeci apoia manifestação do reitor sobre Hospital Regional

Valdeci na posse de Burmann e Schuch

O deputado estadual Valdeci Oliveira (PT) representou o presidente da Assembleia Legislativa, Edegar Pretto, na solenidade de posse da nova gestão da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e de recondução ao cargo do reitor Paulo Burmann, que ocorreu nessa quinta (4), no Centro de Convenções da instituição. Na cerimônia, Valdeci desejou êxito ao trabalho de Burmann e do novo vice-reitor, Luciano Schuch. “O Burmann e o professor Paulo Bayard realizaram um trabalho que ficou marcado pelo diálogo e pela ampliação de relações com todos os setores da sociedade, o que é fundamental para a instituição. Tenho convicção que isso terá continuidade nessa nova gestão, que terá a presença do competente professor Luciano Schuch como vice-reitor”, destacou.

Valdeci também aproveitou a oportunidade para reafirmar o compromisso com a defesa da universidades pública. “Não podemos assistir de camarote o desmonte das nossas universidades e da educação pública como um todo. A UFSM é um orgulho para Santa Maria, para o estado e para o país. Mas é um orgulho diretamente ameaçado pelas políticas do governo Temer, que lamentavelmente vê a educação como um gasto e não como uma ferramenta para o desenvolvimento nacional”, complementou.

HOSPITAL REGIONAL – Valdeci também saudou o discurso do reitor Burmann, que fez uma forte manifestação contra o desmonte da saúde no Rio Grande do Sul. O reitor defendeu enfaticamente a abertura do Hospital Regional de Santa Maria, o que, segundo ele, garantiria, ao mesmo tempo, um desafogo para a superlotação frequente do Hospital Universitário (HUSM) e um novo campo de formação profissional na cidade e na região. “Nós não queremos esse hospital (o Regional) para a universidade. Queremos que esse hospital abra independentemente de quem fará a gestão. Queremos esse hospital aberto e 100% público”, afirmou Burmann.

Para Valdeci, a manifestação do dirigente merece ser apoiada. “Espero que a manifestação do reitor, a qual eu constantemente também faço na Assembleia Legislativa, tenha eco no Palácio Piratini e em Brasília, já que havia muitas autoridades presentes na cerimônia de posse. O Regional precisa abrir logo e precisa atender exclusivamente a população dependente do Sistema Único de Saúde, que é a população que carece de leitos e que todos os dias ‘dá com o nariz na porta’ ao buscar atendimentos”, acrescentou. (Texto: Tiago Machado – Foto: Christiano Ercolani )