Na Assembleia Legislativa, Valdeci amplia cobranças por melhorias na ERS-168

Valdeci na Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia

Depois de vistoriar pessoalmente a ERS-168, no trecho que liga Santiago a Bossoroca, o deputado estadual Valdeci Oliveira (PT) denunciou o cenário de buracos e “crateras” da rodovia aos deputados da Comissão de Assuntos Municipais da Assembleia Legislativa, nessa terça (12), em Porto Alegre. Ao expor a gravidade da degradação do pavimento da estrada, a qual liga a região das Missões ao Vale do Jaguari, o deputado afirmou que é fundamental que, no mínimo, sejam feitos reparos ou obras no local antes do começo da próxima safra. “O ideal é desmanchar tudo e fazer de novo. Mas se isso for muito complexo e demorado, em razão da necessidade de se fazer licitação, é tem que se fazer algo emergencial. Atualmente, só há como andar nessa rodovia fazendo zigue-zague. É a estrada do Estado com maior número de buracos hoje”, salientou.

Valdeci também destacou a situação de quase isolamento rodoviário enfrentada pela cidade de Santiago, maior município do Vale do Jaguari. “Santiago, hoje, está praticamente ilhada em termos de rodovias. A RSC-287 é a única alternativa de saída. A saída em direção a São Luiz Gonzaga está completamente inviabilizada, assim como a saída em direção a Capão do Cipó e Santa Tecla. E o mesmo ocorre em direção a São Francisco de Assis”, complementou.

AUDIÊNCIA PÚBLICA – Em função da situação da 168 e também da RSC-377, que liga o Vale do Jaguari a Jóia, Valdeci e todos os outros deputados da Comissão de Assuntos Municipais votaram favoravelmente ao requerimento apresentado pelo deputado estadual Eduardo Loureiro (PDT) que prevê a realização de uma audiência pública, em Santo Ângelo, para discutir a situação das estradas das regiões Nordeste e das Missões. “É uma iniciativa muito importante, e eu ponderaria ao proponente que escolhesse uma data próxima para que essa atividade possa ocorrer o mais rápido possível”, sugeriu Valdeci, após a aprovação unânime do requerimento. (texto e foto: Tiago Machado)