Valdeci vai ao comando da Brigada e pede providências sobre hospital

Valdeci e o subcomandante da Brigada Militar

O atraso no pagamento de salários dos 170 funcionários terceirizados do Hospital da Brigada Militar (HBM) de Santa Maria chegou ao conhecimento do comando da instituição. O deputado estadual Valdeci Oliveira (PT) realizou audiência com o subcomandante-geral da instituição, coronel Andreis Dal`Lago, para discutir o assunto e cobrar providências. De acordo com as informações repassadas a Valdeci pelos servidores do HBM, o problema se deve à falta de repasses do Estado para as empresas responsáveis pelos terceirizados. O coronel pediu um tempo para averiguar a situação. “Vou verificar, pois não tinha essa informação. Em Porto Alegre, houve esse problema recentemente, mas a situação foi regularizada”, explicou.

Conforme relato dos trabalhadores do hospital, há servidores que estão sem receber salários há 90 dias. “Isso atinge diretamente os profissionais da enfermagem, da limpeza, da higienização e também os que prestam serviços de alimentação. Se a situação não for resolvida em breve, temo pela suspensão de atendimentos”, acrescentou.

Fechamento descartado – Na conversa com o coronel, Valdeci também questionou os planos da corporação e do Executivo para o Hospital de Santa Maria, já que existem boatos de que a unidade poderia ser fechada como medida de economia de recursos. Andreis negou a possibilidade. “Nós estamos é reavaliando o nosso sistema de saúde. O que queremos fazer é potencializar os atendimentos. Não se fala em fechamento”, assegurou.

O deputado Valdeci e a Comissão de Saúde aguardam o retorno das informações do comando da Brigada Militar para relatar os fatos aos servidores. (texto e foto: Tiago Machado)