Valdeci comemora aprovação de projeto que prevê campanha estadual sobre a dislexia e o TDAH

Santa-mariense Marizur Konig procurou Valdeci e pediu apoio na mobilização contra a dislexia e TDAH

O enfrentamento a dois distúrbios que prejudicam o aprendizado e o desempenho escolar de muitas crianças e adolescentes ganhou um reforço importante nessa semana, na Assembleia Legislativa. Com 47 votos favoráveis e nenhum contrário, foi aprovado o projeto de lei que institui a Campanha Estadual de Informação e Conscientização sobre o Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) e a dislexia. Proposto pelo deputado estadual Valdeci Oliveira (PT), o PL 258/2015 surgiu a partir da luta travada pela santa-mariense Marizur Konig, que é mãe de um adolescente portador de dislexia, transtorno que prejudica a capacidade de ler e escrever.

Após ela procurar Valdeci, a proposta foi protocolado na Assembleia em julho de 2015. O projeto prevê uma série de ações por parte da Secretaria Estadual da Educação e da Secretaria Estadual da Saúde, entre elas a realização de palestras de profissionais, a apresentação de estudos e pesquisas na área e a divulgação das principais formas de diagnóstico e identificação desses distúrbios. Outro objetivo da lei é ampliar o acesso a recursos didáticos adequados para o aprendizado de crianças e os adolescentes com dislexia e TDAH. “O grande objetivo do projeto é dar luz a um tema importantíssimo que não recebe a devida atenção por parte da sociedade em geral e dos governos. As crianças que possuem TDAH ou dislexia precisam ser diagnosticadas e carecem de apoio e de programas adequados para que consigam avançar no processo de aprendizagem”, afirmou Valdeci. (texto e foto: Tiago Machado)