Ministra fortalece combate ao racismo no Rio Grande do Sul

Ministra assinou acordo de cooperação técnica na Assembleia Legislativa

Ministra assinou acordo de cooperação técnica na Assembleia Legislativa

A ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), Nilma Gomes, foi a Assembleia Legislativa, nesta terça (9), em Porto Alegre, para ampliar as ações de enfrentamento à discriminação no Rio Grande do Sul. Ao lado do coordenador da Frente Parlamentar de Combate ao Racismo, deputado Valdeci Oliveira (PT), do secretário estadual da Educação, Vieira da Cunha, e de diversas lideranças dos movimentos sociais, Nilma assinou acordo de cooperação para execução da Lei 10.639/2003, a qual incluiu no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira”. A ministra também recebeu de Valdeci um relatório das ações desempenhadas pela Frente Parlamentar desde março de 2014, quando foi criada no Parlamento Gaúcho. “Enfrentamos resistências e até preconceito por criar a Frente contra o Racismo. Mesmo assim, não recuamos e criamos um espaço de resistência, integrado por diversos grupos e entidades, ao avanço da discriminação. A efetivação da Lei 10.639 é uma prioridade para nós. Essa legislação não pode ficar apenas no papel”, afirmou Valdeci.

Nilma afirmou que a SEPPIR é parceira de todas as instituições que realizem trabalhos para superação do racismo. Ela afirmou que a prioridade do ministério, em 2015, é a execução do Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir). “O governo federal disponibiliza recursos para seminários, capacitação de gestores públicos e para ações contra o racismo. Estamos percorrendo o Brasil para convocar os estados e municípios a aderirem ao Sistema”, afirmou. (

texto e foto: Tiago Machado)