Deputado Valdeci protocola projeto que garante local de descanso para enfermagem

Valdeci protocolou projeto acompanhado dos presidentes de entidades que representam os trabalhadores da saúde no RS

O deputado estadual Valdeci Oliveira (PT) protocolou um projeto de lei para garantir que os profissionais da área da enfermagem tenham locais adequados para o descanso durante a jornada de trabalho. Conforme Valdeci, a proposta atende a um pedido do Conselho Regional de Enfermagem do Rio Grande do Sul (Coren) e também vai favorecer a qualidade do atendimento prestado pelos profissionais. “Todos sabemos que os profissionais da enfermagem, sejam eles enfermeiros, técnicos ou assistentes – enfrentam uma sobrecarga de trabalho. É fundamental que, no mínimo, esses trabalhadores tenham locais limpos, organizados e arejados para poder realizar o seu descanso durante os plantões que cumprem. Isso certamente vai amenizar a estafa e o cansaço”, destacou ele.

A assinatura e o protocolo do projeto na Assembleia Legislativa foram acompanhados pelo presidente do Coren, Daniel de Souza, pelo presidente do Sindicato dos Enfermeiros do RS, Estevão Finger da Costa, e pelo presidente da Federação dos Empregados em Saúde do RS (Feessers), Milton Kempfer. “Muito importante contar com o apoio das entidades que representam os trabalhadores e que, todos os dias, estão defendendo uma saúde de qualidade para todos”, reforçou Valdeci.

De acordo com o presidente do Coren, o projeto, se aprovado, vai corrigir uma injustiça histórica com a categoria. “Apesar de a enfermagem constituir a maior parte da força de trabalho da saúde, grande parte dos profissionais atua sem ter locais para descanso”, explicou.

Segundo o Coren, o Rio de Janeiro e o Distrito Federal já regulamentaram o descanso intrajornada, e projetos semelhantes estão em tramitação nas Assembleias Legislativas de São Paulo e do Acre.

O deputado estadual Valdeci Oliveira coordena na Assembleia Legislativa a Frente Parlamentar em Defesa da Enfermagem, que tem como uma das principais bandeiras de luta as 30 horas de jornada semanal para a categoria.