Deputado Valdeci encaminha ações contra casos de racismo na UFSM

Valdeci é coordenador da Frente Parlamentar Contra o Racismo

O deputado estadual Valdeci Oliveira (PT) acionou a estrutura da Assembleia Legislativa para apoiar o enfrentamento aos casos de racismo registrados recentemente na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Conforme o deputado, na próxima quarta (6), uma comitiva de estudantes da UFSM, entre eles os que foram vítimas de ofensas de cunho racial, serão recebidos e ouvidos pela Comissão de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH) da Assembleia Legislativa, que é presidida pelo deputado Jeferson Fernandes. Além de encaminhar as denúncias à CCDH, o grupo vai produzir um relatório acerca dos fatos ocorridos na universidade para ser encaminhado ao senador Paulo Paim, que trabalha o tema do combate ao racismo no Congresso Nacional. As iniciativas foram definidas durante uma reunião de Valdeci com o acadêmico do Curso de Direito da UFSM, Elisandro Ferreira, uma das vítimas de manifestações de intolerância ocorridas na universidade.

POLÍCIA FEDERAL – Outra providência que será tomada pelo deputado será a de se reunir, ainda nesta semana, com o delegado da Polícia Federal de Santa Maria, Getúlio de Vargas, para prestar apoio às investigações. “São fatos inadmissíveis, são fatos que estão completamente fora de sintonia com o ambiente de diversidade, de pluralidade e de respeito às diferenças que impera na UFSM e são fatos que merecem uma rigorosa investigação por parte das autoridades de segurança pública”, afirmou.

UFSM – Coordenador da Frente Parlamentar de Combate ao Racismo, à Homofobia e a outras formas de Discriminação, Valdeci também ressaltou as iniciativas tomadas pela UFSM. “Houve uma imediata ação da instituição, que, dentro das suas prerrogativas, instaurou um procedimento administrativo investigativo e está acompanhando toda investigação da Polícia Federal. Além disso, foi reforçado e ampliado um conjunto de medidas concretas de enfrentamento ao racismo a curto, médio e longo prazo”, destacou ele.