DEPUTADO VALDECI DESTACA QUE ATENDIMENTO 100% SUS NO REGIONAL É VITÓRIA DA MOBILIZAÇÃO

Comitê em favor do atendimento 100% SUS foi lançado em julho de 2017, em Santa Maria

O deputado estadual Valdeci Oliveira comemorou o anúncio de que o Hospital Regional de Santa Maria terá atendimento 100% SUS. A confirmação foi feita pelo secretário estadual da Saúde, João Gabbardo, nessa sexta (19), em Santa Maria. Para Valdeci, a medida é resultado de muita luta, cobranças e da mobilização da comunidade regional. “Se não tivesse ocorrido um amplo movimento, que uniu diversas lideranças e a comunidade e que pressionou o governo do Estado permanentemente, o Regional seria apenas parcialmente SUS, como chegou a ser anunciado em 2016, o que não serve para uma comunidade absolutamente carente de saúde pública. Demorou, mas, felizmente, após três anos de debates intensos, o governo foi sensibilizado sobre esse requisito fundamental”, afirmou.

Valdeci afirmou, no entanto, que o anúncio do secretário tem de ser acompanhado de acões concretas. Ele garante que continuará, via Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa, fiscalizando e cobrando todos os próximos encaminhamentos. “Tudo que foi dito precisa ser formalizado, assinado. Só declarações em ano eleitoral não bastam. E o governo Sartori já ludibriou a comunidade no passado recente, quando anunciou, com pompa e circunstância, que o Sírio-Libanês seria o gestor do hospital e que o Regional funcionaria a partir de 2017. Nada disso ocorreu. Por isso, estaremos de olho todo tempo”, assinalou Valdeci.

O deputado também está preocupado com a postura do Ministério da Saúde, que, em declarações à imprensa, afirmou não existir possibilidade de aporte de recursos para o Regional no momento. “O hospital precisa de muitos recursos para reformar o que foi danificado no prédio, já que a obra ficou abandonada mais de um ano depois de pronta, e para equipar toda a estrutura necessária. Sem o engajamento do governo federal, isso se torna muito complicado. Estranha que o governo Sartori, aliado de primeira hora do governo Temer, não tenha ainda demonstrado força de articulação para reverter essa posição “, acrescentou Valdeci.

TRANSPARÊNCIA – O parlamentar também declarou que espera transparência do Executivo gaúcho quando ocorrer a assinatura do convênio com o grupo escolhido para gerir o Regional. “Não vamos admitir nenhum ato obscuro sobre algo que diz respeito a um milhão de gaúchos. Qualquer tentativa de obstaculizar a transparência será denunciada por nós”, ressaltou.

texto e foto: jornalista Tiago Machado (imagem do lançamento do Comitê Pró-Abertura do Hospital Regional 100% SUS, em julho desse ano, em Santa Maria)