CCDH debate situação das famílias da Ocupação Pinheiros de Eldorado do Sul

Comissão de moradores da ocupação e representantes de instituições reuniram-se na CCDH

A Comissão de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH) da Assembleia Legislativa promoveu uma reunião, nesta quinta (3), em Porto Alegre, para tratar da situação das cerca de 100 famílias da Ocupação Pinheiros, que existe há cerca de um ano, em Eldorado do Sul, na Região Metropolitana. Após uma audiência pública realizada pela Comissão em maio, ficou acertada a criação de um grupo de trabalho para tratar especificamente do tema. Participam dessa comissão, representantes da CCDH, da Defensoria Pública, da Secretaria Estadual da Habitação e Saneamento, da Secretaria Estadual do Meio Ambiente, do Movimento Nacional de Luta pela Moradia, do Fórum Estadual de Reforma Urbana e da comissão de moradores da ocupação.

Nesta quinta, com a presença do vice-prefeito de Eldorado do Sul, Sávio Salvador, foram discutidas medidas para garantir infraestrutura às famílias, que são carentes de rede de água, fornecimento de energia e pavimentação.Houve comprometimento dos poderes públicos representados no atendimento das demandas apresentadas. No próximo dia 3 de agosto, o grupo de trabalho irá se reunir novamente para verificar o andamento do que foi acordado. “A Comissão de Cidadania e Direitos Humanos e o Parlamento Gaúcho cumprem um papel importante ao intermediar esse diálogo e ao buscar coletivamente, junto com diversas instituições, alternativas para uma questão social que é bastante cara para o município e para o Estado”, afirmou o deputado Valdeci Oliveira, que é vice-presidente da CCDH. (texto e foto: Tiago Machado)

Comissão de moradores da ocupação e representantes de instituições reuniram-se na CCDH

Comissão de moradores da ocupação e representantes de instituições reuniram-se na CCDH